Radar Maoleskine: Será que dá pra ‘garimpar’ e achar acessórios interessantes no Centro de Manaus?

ARTESANATO

Muitos de vocês devem imaginar um lugar como esse quando alguém fala que foi atrás de acessórios no Centro de Manaus. Muito artesanato, souvenirs regionais, brincos, pulseiras de palha e sementes que costumamos ver sendo vendidos nas calçadas, pelos bares e até nos ônibus por ambulantes.

Confesso que até eu já tive essa imagem estereotipada de lá, porém no começo desse ano resolvi me desafiar a descobrir coisas novas, quebrar preconceitos antigos e me questionar sobre algumas verdades inconvenientes. Ontem decidi visitar e pesquisar em lojas dessa parte da cidade (que sofre tanto descrédito) em busca de acessórios e o que eu encontrei por lá foi bem surpreendente! Aproveitando o fato de que o comércio estava fraco no Natal e por isso os lojistas estão fazendo ainda mais promoções para movimentar o caixa e renovar o estoque, tentei a sorte e me dei bem!

Como eu era um dos que torciam o nariz quando alguém mencionava ‘ir ao Centro’, posso falar que a experiência foi muito tranquila e bem diferente do que eu imaginava. Parecia até a 25 de Março!

rua 25 de março

Quem já teve a oportunidade de fazer compras nessa famosa rua de São Paulo sabe como ela é movimentada ao extremo. São centenas de pessoas circulando à procura das mesmas coisas que elas encontrariam num shopping, com a diferença de preço que cai pela metade (e às vezes bem menos que isso). Tem camelô, tem mendigo (muitos), réplicas de bolsas, relógios, perfumes, óculos, roupas e até maquiagem de grandes marcas como Chanel, Hermès e Maybelline. Ué, aqui também.

Então de onde vem o preconceito com o Centro?

É mais socialmente aceitável dizer que não vai ao centro daqui porque acha perigoso, ilegal e sujo, mas não se importar em trazer várias bolsas e relógios Michael Kors falsificados de São Paulo, compradas numa loja clandestina, meio sujinha, numa das cidades mais perigosas do país?

Chega de frescura!

Independente dos pontos negativos (calor, muita gente e a maioria das coisas serem fake), o meu saldo da jornada pelos acessórios foi mais que positivo! Descobri várias lojas interessantíssimas cheias de produtos com DNA mais urbano do que costumamos encontrar por lá (mistura de metais, cordas, fechos de ímã…), conheci uma parte da cidade cheia de quiosques dos quais eu quis levar todas as pulseiras com toques geométricos/étnicos e não gastei muito por isso! Foram 10 itens por R$32!
acessórios centro    Não vou mostrar tudo pra não perder a graça de usar as novidades, mas esses são meus favoritos!

E assim como todo bom centro comercial, tem para todos os gostos. Se você gosta de acessórios extravagantes, provavelmente vai achar. Se gosta de coisas mais discretas, também não vai ter dificuldade em encontrar. Está querendo se surpreender? Faça como eu e vá sem expectativas, sem cobranças, só pra observar. Caso você goste de algo e ache que pode agregar ao seu estilo, nada o impede de levar. Só tome cuidado extra porque apesar de haver policiamento em vários pontos do Centro, você não pode facilitar alguém mal intencionado a roubar seu celular e seus achados! 

Foi muito bom perceber que Manaus está se modernizando em vários aspectos e já nos oferece opções boas e baratas de moda, o que me fez refletir sobre uma das missões do Maoleskine, no seu início despretensioso: mostrar ao manauara que para se vestir bem, ninguém precisa ficar preso ao eixo Rio/São Paulo. Basta ter bom senso, conhecer seu próprio estilo e saber ‘garimpar’!

#DICA #CompraConsciente #SuperfaturamentoNão

Sempre que puder, questione-se sobre quanto custa e quanto vale o que você está comprando.

Contato do Blog

9 thoughts on “Radar Maoleskine: Será que dá pra ‘garimpar’ e achar acessórios interessantes no Centro de Manaus?

  1. Muito bom o post, André. Parabéns pela iniciativa, devemos mesmo parar de torcer o nariz para tudo o que podemos achar aqui pela cidade. Dá até incentivo aos próprios comerciantes locais, a realmente agregarem esse tipo de valor voltado à moda.
    Valeu muito a leitura,
    abraços.

    1. Que bom que tu gostaste! Foi um questionamento que eu me fiz sobre ‘centros urbanos’ que me fez escrever sobre isso. Nada melhor do que ir pesquisar sobre o que você pretende escrever pra ser coerente, né?

      Um beijão e feliz ano novo!

  2. Oi Andre, tudo bem?!
    Uau, adorei seu blog e seu post. Ainda não conheço Manaus, ainda está em meus planos para conhecer essa cidade maravilhosa! Eu moro no Espírito Sando e aqui em Vitória temos lugares e ruas assim também, mas acredito que por aí ainda é bem maior. Adorei as comprinhas.
    Conheci seu blog através do Google rs….
    Beijão!

  3. Eu simplesmente amo comprar no centro… minha mãe ja me levava la de pequena na época dos importados baratos… se eu preciso de alguma coisa lá é o primeiro lugar que eu procuro. Adorei a matéria. Parabéns!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s