Normcore: entenda a tal tendência anti-fashion

Toda tendência gera uma contra-tendência. Depois da simplicidade e foco nos detalhes que o minimalismo sugeriu, o maximalismo imperou absoluto com um conceito oposto, no qual seria possível coordenar xadrez com floral, bolinhas com listras e outras misturas inusitadas.

Naturalmente, depois da explosão de blogs de moda e toda essa pressão para que as pessoas usem “aquele vestido divo” ou “aquele top cropped mara” com “aqueles óculos tendência”, as pessoas iriam se cansar desses modismos e procurar uma alternativa que desse menos trabalho e os diferenciasse da maioria com menos noção do que é moda de verdade, porém que consome cada vez mais essas ditas tendências. A moda estava fadigada e já estava na hora de descansar.

Normcore Estamos em tempos de questionar essa obrigatoriedade fashion de “ser estiloso”

Com tanta gente “cuspindo informação de moda” e tendo um esforço enorme para se mostrar ligados às tendências antes de todo mundo, os fashionistas finalmente se questionaram sobre essa necessidade de “fazer estardalhaço fashion para ser notado” (palavras de Costanza Pascolato) e perceberam que não era através de megaproduções que eles iriam mostrar que são bem vestidos. Quando a tendência é ficar de olho nos blogs de look do dia e street style e acabar vestindo as mesmas coisas que milhares de outras pessoas também estariam copiando desses sites, a contra-tendência acabou sendo perceber que ao invés de seguir a sazonalidade, desapegar-se dessas tendências é o que realmente imprimiria personalidade ao seu estilo e lhe deixaria livre para usar roupas mais descompromissadas, mais confortáveis e montar looks genuínos e originais. O que é normcore?

Obviamente, quando se fala de uma nova estética, várias perguntas surgem e leva um tempo para que elas sejam respondidas, afinal, ela precisa se difundir organicamente no estilo de quem a busca (e essa noção é muito individual). O tal Normcore nada mais é do que a junção das palavras Normal e Hardcore, ou seja, normalidade ao extremo (ou a busca por ela), o que não quer dizer que há um tipo específico de roupas a serem usadas, e sim um simples conceito: passar despercebido. Nada que se destaque, nada chamativo, buscando sempre a simplicidade e o conforto (em outras palavras, casual descompromissado e esportivo).  Diferentemente do Hipster, cujo objetivo era exibir através das suas roupas um lifestyle irônico e diferente da maioria, o Normcore mostra que não precisa se encher de acessórios, ser “estiloso” ou seguir um determinado padrão (xadrez, barba, camiseta de série/filme) para ser cool: ele consegue tudo isso usando roupas básicas. Olha o exemplo:Normcore painel/board

Sendo essa uma tendência de consumo nova, mais uma pergunta crucial surge: será que essa moda pega em Manaus? E a resposta é surpreendentemente positiva. Na verdade, o tal normcore sempre existiu em todos os lugares e estava associado às pessoas que não se preocupavam com estilo, moda ou tendências, porém, só agora foi denominado pelas empresas de pesquisas antropológicas ligadas à moda. Com certeza você conhece alguém com esse estilo “basicão” e provavelmente vai passar a ver mais pessoas adotando esse lifestyle, que em resposta à ditadura fashion já desgastada e fadigada, promete ser um alívio e “o estilo do futuro”.

Contato do Blog

6 thoughts on “Normcore: entenda a tal tendência anti-fashion

  1. Eu acho ótimo, inclusive creio que é uma tendência/não tendência que posso começar a utilizar. Me lembra muito a filosofia da Osklen, especialmente em cores.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s