2016: O ano do despertar para a Moda no Amazonas

Os últimos doze meses nos deram evidências inegáveis de que o Amazonas finalmente abriu os olhos para o próprio potencial. Apesar do ano marcado pela crise econômica, a existência de uma Semana de Moda trouxe um fôlego de esperança para criadores locais que jamais imaginavam conseguir tamanha exposição através de um evento de nível nunca antes visto na cidade, além de tantos outros momentos que trouxeram à tona a relevância do nosso verde.

picmonkey-collage

Logo no primeiro semestre, a maior plataforma de moda da América Latina (SPFW) trouxe toda a beleza artesanal da Amazônia num desfile da marca de beachwear Água de Coco, no qual as modelos saíam de uma oca feita de palhas rumo à passarela ao som de pássaros e rituais tribais. (Assista ao desfile na íntegra aqui, é de arrepiar!) Na mesma edição, a WGSN (empresa líder mundial em previsão de tendências) lotou salas do Cinemark no Shopping Iguatemi em SP com palestras referentes aos seus estudos de comportamento e produção de moda com projeção para 2018 e adivinha o destaque dos temas: Sustentabilidade! 

Poucos meses depois, no Inova Moda (programa de inovação e estudos criativos do SEBRAE que eu tive a honra de participar), o discurso-chave foi um novo olhar acerca do que é “luxo”. Entre workshops e minicursos, esse conceito foi aprimorado em meio a reflexões e questionamentos, cases de empresas ao redor do mundo que começaram a entender o valor do trabalho manual, do produto com história, o respeito ao processo produtivo que deve ser cada vez mais inteligente e menos poluente, a importância das raízes e o empreendedorismo com causa. Tudo isso inspirou inquietações que resultaram em um segundo semestre riquíssimo de atividades voltadas à moda, tanto para quem produz quanto para quem consome.

syjgso

Após meses de planejamento, a capital do Amazonas finalmente conseguiu sediar um evento que catapultasse o trabalho de designers locais, gerasse empregos e estabelecesse uma rede de business relevante para o mercado por meio de desfiles, capacitação de profissionais da área como modelos, fotógrafos e estudantes, em consonância com as tendências globais sem esquecer as peculiaridades da região: o Amazon Fashion Venue.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ao longo de três dias, a Fundação Amazonas Sustentável abriu suas portas para a segunda edição da Semana de Moda do Amazonas, capitaneada pelo Cabedal de Criadores. Um projeto audacioso que desafiou antigos moldes e conseguiu mostrar a excelência do trabalho feito à base de muito estudo, engajamento e ainda mostra resultados positivos a todos os envolvidos. Como exemplo nítido de sucesso, peças da coleção “She is a DJ” do estilista e professor de moda Washington Filho foram vendidas e já estavam esgotadas antes mesmo do final do desfile! Sua criação mais aclamada, a bolsa em formato de disco de vinil já tomou rumos internacionais e hoje já passeia pela Torre Eiffel, em Paris. (Eu já tenho a minha, é meu xodó <3)

E quando achávamos que o ano não poderia ficar mais fashion, o Shopping Ponta Negra nos presenteia com dois dias de Vogue Fashion’s Night Out! Pela primeira vez em terras barés, um time de peso da Vogue Brasil trouxe todo seu glamour e expertise em palestras muito instrutivas sobre os bastidores da maior revista de moda do mundo, lifestyle, além de conhecerem um pouco da moda que é feita aqui. Ainda tive a sorte de conseguir bater um papo com a equipe nos corredores do shopping, fizemos fotos para o Instagram da Donata (isso foi épico) e eu consegui chamar a atenção do público com uma pergunta sobre a moda amazonense que a Vogue enxerga, já fazendo um convite para a próxima Semana de Moda. E não parou por aí: O site da Vogue fez uma seleção de fotos da edição manauara do VFNO, e adivinha quem apareceu: EUZINHO! Vem ver a galeria completa no site da revista aqui)

Este slideshow necessita de JavaScript.

E mesmo depois de tantas provas de que o mundo está de olho em nós, já no fim de 2016, a Pantone Institute surpreende a todos com a cor de 2017: Greenery. Um tom de verde que remete aos primeiros dias da primavera, um lembrete simbólico da beleza da vida fora do escritório e do mundo corporativo, uma chamada para que os consumidores respirem fundo, revitalizem-se e reconectem-se com a natureza. (Assista ao vídeo oficial aqui)

pantone-color-of-the-year-2017-greenery-15-0343-leaves-2732x2048-1200x900

Alguma dúvida de que o futuro é VERDE?

assinatura

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s